Estratégia digital 2 – A estratégia é cíclica – Marketing Médico – MedTarget
Estratégia digital 1 – Trocar pneu com carro andando
1 de novembro de 2020
Estratégia digital 3 – O que é planejamento?
12 de novembro de 2020
Show all

Estratégia digital 2 – A estratégia é cíclica

No último post, falamos sobre os fundamentos do Marketing. Agora é a hora de colocar isso em prática. Para isso, vamos apresentar o modelo PROPEL. A estratégia precisa ser um modelo passo-a-passo cíclico. PROPEL é a sigla em inglês para Planejamento, Pesquisa, Objetivo, Preparação, Execução e Aprendizado. É o fluxo para configuração da estratégia, são os passos para desenvolver uma estratégia clara, sendo que cada passo informa as decisões para os próximos:

  • Relembrando o modelo
    • Plan (planejamento)
    • Research (pesquisa)
    • Objective (objetivo)
    • Prepare (preparar)
    • Execute (execução)
    • Learn (aprendizado)
  • Passagem geral
    • Planejar
      • Estabelece as bases da campanha ou da estratégia através de um processo cuidadoso de investigar dados e informações disponíveis.
        • Fundação da estratégia
        • Criação de uma proposição forte de valor
          • Valor é o seu diferencial. Fundamental à estratégia
        • Colocar prazo e orçamento
          • Quanto vai custar?
          • Quanto tempo vai durar?
          • Quando cada ação vai acontecer?
        • Avaliar recursos existentes
          • Você já tem conteúdo?
          • É adequado?
          • Tem que recriar?
        • Aprender com experiências pregressas 
          • Olhar as campanhas anteriores e analisar o que serviu e o que deu errado
  • Pesquisar
    • Olhar o que está disponível em relação ao seu público, seu negócio e seu objetivo. Você tem que ser fluente nisso. 
      • Aprender com o mercado, público e concorrência
        • Quais as tendências?
        • Como mercado, público e concorrência interagem?
        • Como comunicar?
        • Qual a cara da mensagem?
        • Como a mensagem casa com o valor?
        • Quais as mídias?
      • Reconhecer desafios
        • Reconhecer os desafios do mercado e como enfrentar
      • SWOT
      • Criar relatórios baseados em resultado
        • Com essas informações você pode criar relatórios baseados em resultados, pois você já conhece o público a ponto de saber:
          • O que esperar dele?
          • Como ele interage?
          • O que esperar da campanha?
  • Objetivo
    • A parte mais importante do processo e fica frequentemente negligenciada. Se você não tem objetivo claro, como você quer medir o resultado? KPIs não significam necessariamente sucesso. ESSA É A GRANDE QUESTÃO.
      • Objetivos SMART
        • É uma técnica para definir objetivos e facilitar a campanha. Ter objetivos definidos facilita todo o resto. SMART é uma Sigla em inglês:
          • Specific (específico): bem definido, claro, afirmando exatamente de que se trata
            • Quem?
            • Quando?
            • Onde?
            • O quê?
          • Measurable (mensurável): possível de ser quantificado e descrito
            • Métricas
            • Milestones 
            • Resultados
            • Budget 
          • Achieveable (alcançável): atingível com nossos recursos, habilidades, restrições e prazos
            • Habilidades
            • Recursos (humanos, técnicos e financeiros)
            • Ferramentas
            • Tempo
          • Relevant (relevante): ter valor no contexto, alinhados com a estratégia da empresa e com um objetivo maior
            • Metas
            • Valor agregado
            • Necessidade
            • Objetivo
          • Timed: limitado pelo tempo
            • Foco
            • Deadlines
            • Milestones
      • Saber onde vai e como está indo
      • Definir KPI
        • Partes mensuráveis
        • Como medir
        • Criar parâmetros
      • Alinhar aos objetivos de negócio
        • KPIS integrados ao objetivo do negócio
      • Saber como mensurar
        • Provar valor do marketing
        • Mensurar conforme o objetivo do negócio
  • Preparar
    • Reunir seus ativos, seus recursos, seus materiais para colocar sua estratégia em prática; é quando começamos a fazer as coisas
      • Preparar todos os ativos antes de lançar a campanha
        • Distribuir funções: definir quem faz o quê (texto, arte, AdWords, etc., alinhar com o planejamento
        • Saber para onde ir
        • Saber como e quem vai fazer o que precisamos
      • Desenvolver criativos
      • Planejar e comprar mídia
      • Atribuir ponto de contato de cada ação
  • Executar 
    • Começar as coisas: colocar seus vídeos no youtube, seus posts nas redes, seu site no ar.
      • Entregar conteúdos em locais relevantes
        • Hora de pôr campanha no ar
        • Tem que estar tudo pronto antes
      • Monitorar desempenho
        • Ajustar prazos
        • Monitoramento constante
      • Ajustar criativos e mídia de baixo desempenho
      • Passar leads relevantes às “vendas
        • Leads do marketing (MQL)
        • Transformar Lead em consumidor
  • Aprender
    • Aprender é um elemento muito negligenciado. Quando você termina a execução, você precisa aprender com a reação: com o público. Você precisa observar o que as pessoas estão dizendo. Você precisa perseguir algo além de vendas, precisa perseguir insights. É uma das fases chave
      • Reunir dados da campanha
      • Destacar ganhos e perdas no ROI
      • Comparar seus resultados às metas propostas
      • Aproveitar campanhas boas e entender os porquês de seu desempenho
      • Guardar para reuso 
      • Não reproduzir erros

Gostaram? Em breve teremos mais, não percam.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *