Marketing é mágica – Marketing Médico – MedTarget
Conceitos Básicos de Marketing de Conteúdo
14 de outubro de 2020
Estratégia digital 1 – Trocar pneu com carro andando
1 de novembro de 2020
Show all

Marketing é mágica

Antes de mais nada, vamos usar o conceito certo: publicidade. Já falamos disso anteriormente no blog, em uma série de 8 posts (“Por que todo mundo entende de Marketing?”) e você pode conferir esses aqui para entender a diferença entre os dois: 

Introdução

Conceitos Básicos

O que é marketing?

O que é publicidade?

TI, SEO e SEM

Erros e Ilusões

Os experts por correspondência

Dinheiro move o mundo?

Isto posto, voltemos ao cerne da questão. Quem fica parado é poste. Aliás, neste post aqui, falei textualmente que a Comunicação é como a Medicina. Pacientes e clientes, muitas vezes, esperam a mesma coisa: que façamos mágica. 

A franquia hollywoodiana Truque de Mestre me fez repensar o assunto até que, depois de muito refletir, mudei minha opinião: vou, mais uma vez, ser polêmico: Publicidade faz mágica. Aliás, ela está muito mais perto da mágica do que da Medicina. 

Isso não invalida, de maneira nenhuma, o que eu disse naquele post. Mais uma vez é uma questão de conceitos e uma simples escolha de palavras que faz toda a diferença. Não fazemos milagres, nem trabalhamos com MAGIA – e essa era a palavra que eu deveria ter usado desde o início. 

Explico: o que estou chamando de magia são eventos milagrosos, sem nenhuma explicação lógica. Mágica não é magia. É técnica, que você pode conhecer também por ilusionismo. E os fundamentos básicos do ilusionismo, ou da “mágica” são exatamente os mesmos.

Se magia existe, eu não sei. Mas  eu sei que “mágicos” que não fazem mágica. 

E você sabe qual a alma dos truques de mágica? A mesma das técnicas de persuasão, sejam publicitárias, oratórias, “videntes” ou qualquer outra: desviar seu foco, usar técnicas básicas de Psicologia e toda a informação que você acaba passando em nosso favor.  O que o mágico faz nada mais é do que forçar seu olhar para um distrator qualquer, enquanto, por baixo dos panos, o truque é meticulosamente feito e você é convencido de que uma mágica acontece.

Em outros casos, ele usa princípios básicos de Psicologia, como induzir seu pensamento e suas sensações para fazer você, por exemplo, ter certeza que foi tocado em uma determinada parte do corpo, ou a escolher uma determinada carta.

O que nós na Publicidade fazemos? O mesmo. Usamos vários tipos de distrações para centrar o seu foco naquilo que queremos.

Na mágica e na Publicidade, o segredo é compreender o cérebro humano e seu funcionamento básico. Somos programados para completar padrões, ter atenção focada, ter gatilhos mentais e fazer de tudo para ser aceito pelo grupo. O que fazemos? Facilitamos as coisas para o cérebro!

O mágico leva sua atenção para uma mão, quando, na verdade, o truque acontece em outra. É o mesmo de uma publicidade que foca a atenção em um determinado aspecto do produto. Ele pode nem ser essencial pra você, mas é o ponto forte do produto e, mais importante, o gatilho que fará você praticar uma determinada ação. 

E isso é meticulosamente estudado e pensado. Você acha que um professor te vendendo cursos de marketing online escolhe o cenário de fundo, a roupa, tudo isso ao acaso? Claro que não…

Por isso, não adianta ter o melhor conteúdo do mundo. É preciso se preocupar com a forma. Como ensina o grande mestre Guimarães Rosa, em Grande Sertão: Veredas, o importante não é história, mas como ela é contada. 

Mas isso é técnica, não é milagre. Por isso, ajuste as expectativas à realidade, não acredite em falsas promessas, porque essas são extremamente vendáveis, comece a ver o mundo sem filtros e deixe a mágica acontecer.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *